O Congresso ficou praticamente inativo nas duas últimas semana. Após esse breve recesso os trabalhos serão retomados hoje (1/8), e os parlamentares já estão sob pressão para votar Medidas Provisórias (MPs) com vencimento previsto para antes das eleições. 

Três MPs já perdem a validade na segunda semana de agosto. Para votar essas e outras matérias sem atrapalhar tanto aqueles que pretendem disputar as eleições os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), convocaram um “esforço concentrado” para esta primeira semana de agosto.

Depois dessa semana, todos estarão em suas bases para preservar suas cadeiras em ambas as casas.

Foto: Ana Volpe / Senado Federal