O Senado Federal realiza neste momento, a sabatina da recondução de Augusto Aras ao cargo de chefe da Procuradoria-Geral da República (PGR) para mais dois anos de mandato.

Nos bastidores, a aprovação do nome é dada como certa – devemos lembrar que nenhum indicado foi rejeitado na história republicana brasileira - A sabatina é um momento em que são feitas várias perguntas para conferir se a pessoa que está sendo questionada domina um determinado conteúdo. 

Aras já até passou por uma dessas sessões de sabatina em 25 de setembro de 2019, quando foi indicado pela primeira vez ao cargo de PGR.