Hoje ocorreu a apresentação do comboio de blindados na Esplanada dos Ministérios para entrega de um convite ao presidente Jair Bolsonaro para uma visita à base militar em Formosa, Goiás. 

Oficialmente, o convite ao presidente da República ocorre há anos, mas nunca houve desfile de blindados. O ato, inédito, deixou parlamentares opositores ao governo de cabelo em pé e muitos já procuram o pelo em ovo, por ter ocorrido a manobra no mesmo dia da votação da PEC do voto impresso (bandeira legítima defendida pela maioria dos brasileiros), mas que deverá ser enterrada pelo Congresso Nacional sem uma consulta mais ampla. 

A apresentação dos blindados foi decidida na sexta-feira à tarde, em coincidência com o período em que o presidente da Câmara, Arthur Lira, levou a PEC do voto impresso para o plenário. Em nota, porém, a Marinha diz que "a entrega simbólica foi planejada antes da agenda para a votação da PEC 135/2019 no Plenário da Câmara dos Deputados, não possuindo relação ou qualquer outro ato em curso nos Poderes da República". O presidente da Câmara também reafirmou a coincidência.