O Governo consegue reagir mesmo em tempos de crise econômica e pandemia. O Brasil mesmo em um cenário desfavorável e perdendo espaço e protagonismo desde 2020, deixou de figurar entre as dez maiores economias do mundo, mas a queda nos levou somente ao 12º lugar, uma posição satisfatória visto as dificuldades enfrentadas pelo país. O Brasil permaneceu nesta posição por ter contribuído com 1,6% do PIB global. Como a comparação global é feita com o valor do PIB dos países em dólar, o Brasil saiu prejudicado pelo fato do real ter sido uma das moedas que mais perdeu valor em 2020.

O real caiu 22,4% em relação ao dólar em 2020, o sexto pior desempenho em uma lista de 121 países. A confiança na retomada do crescimento econômico e a valorização da moeda, passam diretamente pelas pautas prioritárias do governo que já foram entregues pelo Planalto ao Congresso Nacional em fevereiro de 2021. Ainda iremos sangrar economicamente, mas o paciente já está na sala de cirurgia.

Fonte: Austin