A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou na última terça-feira (9), a regulamentação dos procedimentos para importação e monitoramento das vacinas contra Covid-19 do consórcio Covax Facility. O Covax é uma iniciativa promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que prevê a distribuição global de doses de vacinas contra a Covid-19. Em nota, a Anvisa afirma que a resolução aprovada "dispensa o registro e a autorização temporária de uso emergencial das vacinas adquiridas" através do Covax Facility. Isso significa que vacinas contra a Covid-19 que não tenham sido autorizadas no Brasil podem ser usadas caso recebam a chancela do consórcio da OMS.