O PCdoB, não possui mais a confiança e o pouco do brilho do passado e Flávio Dino (PCdoB/MA), atual Governador do Maranhão parece saber disso ao defender internamente que o PCdoB inicie um debate para a possível fusão com o PSB. 

Dino observa que a rejeição do eleitorado ao PCdoB poderá prejudicar suas pretensões nas eleições em 2022. Abrir mão da ideologia radical para estar mais próximo ao centro da política atual parece ser uma boa opção e o cenário perfeito para ele próprio.

Flávio Dino é visto como o nome mais competitivo da esquerda na atualidade e estar diretamente ligado ao PCdoB não parece mais agradar o político que nem de longe quer ser vinculado ao também vermelho PT. Dino flerta com o PSB, mas o PSB não quer uma mudança em sua nomenclatura atual.

Dino observa no partido (PSB) o local perfeito para suas pretensões politicas, lhe dando melhores condições para alcançar a presidência da República em 2022.

Caso a fusão não ocorra Dino estaria disposto a deixar o PCdoB em busca do sonho presidencial, mas o esperto Governador já tem seu plano B caso o PCdoB bata o pé! Ele virá como candidato ao Senado. 

Nesse caso, contrariado e chateado, mas não precisaria sair do PCdoB para ter chances de vitória. 

O PSB que se cuide!