Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em BOTS, eles existem e fazem parte de uma mudança na maneira de discutirmos e fazer política em todo o mundo. A maior parte dos debates políticos são realizados em ambientes virtuais como as redes sociais, mas como o uso de social bots pode influenciar em uma eleição e em nosso comportamento?

O QUE SÃO OS SOCIAL BOTS?
Primeiro devemos saber do que se trata para podermos compreender. Os social bots são softwares que geram conteúdo e interagem com outros usuários dentro de redes sociais, como facebook e twitter. Na prática, atuam como perfis online que simulam o comportamento humano de forma automatizada.

Você muitas vezes não percebe, mas uma simples pergunta em um grupo no facebook ou uma postagem aparentemente inocente é muitas das vezes gerada por um social bot. Eles sobem hashtags e induzem ao compartilhamento de conteúdos tal como um humano formador de opinião faria.

OS POLÍTICOS USAM O SOCIAL BOT?

A resposta é sim! Mas não generalize! Nem todos fazem uso desta ferramenta de manipulação social. Os políticos usam o social bot para inflar os números de curtidas e seguidores em seus canais sociais, dando a impressão e sensação de apoio do povo em redes sociais, quando na verdade os números orgânicos são totalmente inferiores. A ferramenta também é utilizada na propagação de fake News ou no fomento de discussões para os mais variados objetivos.

COMO IDENTIFICAMOS UM BOT?

Apesar do nome complicado e rebuscado pela língua inglesa, é super fácil e possível efetuar a identificação de um robô social. Daremos cinco dicas importantes para que você saiba identificar um deles.

1 – Os bots fazem varias postagens al longo do dia, podendo chegar a centenas de publicações.

2 – Atividades pontuais também podem entregar um bot, que mesmo ao fazer uma única postagem consegue um numero expressivo de engajamento (curtidas e compartilhamentos) vindo de uma rede de bots.

3 – Os bots não possuem uma personalidade e irão comentar somente sobre o assunto programado. Em nosso caso o assunto será sobre política, defesa ou ataque envolvendo políticos e perguntas aleatórias sobre algum cenário político ou situação atual. Os bots estão programados para falar bem ou mal de um único político.

4 – No Brasil, em regra os bots não são sofisticados e interagem pouco com usuários humanos. Existem robôs sofisticados capazes de manter uma conversa com usuários humanos, mas estes são muito raros por aqui.

5 – Ao fazer uma simples visita ao perfil, você verá poucas informações pessoais. Este certamente será um dos principais identificadores de um bot.

E AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES?
Em 2018 percebemos o início da utilização em massa dos bots em favor de vários candidatos durante as eleições. Existem desenvolvedores de novas tecnologias focado nas próximas eleições. Certamente você terá uma chuva de bots em suas redes sociais nas próximas eleições.

O BOT PODE CAUSAR COMPORTAMENTO AGRESSIVO EM USUÁRIOS HUMANOS
Os bots podem iniciar uma discussão e envolver outras pessoas por conta do engajamento da rede de bots utilizada para curtir ou compartilhar milhar4es de vezes um conteúdo. O usuário humano quando se depara com uma determinada discussão muitas vezes curtidas e compartilhadas por estes bots, costumam opinar e discutir com outros usuários humanos. A isca foi jogada e você acaba de se tornar mais um engajado em uma publicação tendenciosa e capaz de gerar em você comportamentos agressivos até mesmo fora da rede.

Os bots não possuem sentimentos e aqueles que criam estas ferramentas estão interessadas somente no resultado final de uma ação programada. Hoje, o facebook é o campo ideal de atuação dos bots.