Ela foi cozinheira da princesa Isabel e posteriormente criada de quarto. Dona Balbina amava muito a filha do imperador e costumava ter o mesmo recato de sua senhora, falava pouco sobre a família real, mas sempre com muito carinho em seu olhar ela dizia:

 "Ela não era magra nem gorda! Era muito branca. E o imperador usava uma grande barba."
Palavras de D. Balbina

D. Balbina foi casada duas vezes. Primeiro com Joaquim Lopes, que era português, depois com José Caramez Mesquita, chefe de cozinha do Hospital Central do Exército, que faleceu com a idade de 83 anos. Teve 8 filhos, 40 netos, 60 bisnetos e 20 tataranetos. Nascida em Petrópolis, de um humilde casal de roceiros, Leonardo e Maria Josefina da Conceição.

Uma grande cozinheira...
D. Balbina tinha grande talento na cozinha onde chegou a ser cozinheira da família real e era conhecida por ser uma cozinheira de “mão cheia”. Arrisco dizer que D. Balbina pode ter sido uma das primeiras cozinheiras brasileiras a fazer um prato gourmet! Sim, em uma de suas manobras na cozinha real, serviu uma salada que todos elogiaram, quando na verdade era “capim” bem preparado pela talentosa cozinheira. Outra de suas receitas exóticas e muito conhecidos tinha como base brotos de samambaia. De fato uma mulher talentosa e diferenciada.

Em seus 113 anos...
A matéria do jornal o qual retiramos esta imagem dizia:

“D. Balbina, considerada a mãe mais idosa, tem 113 anos" Bem vividos" - diz ela. Apontada pela "Folhinha" como a mãe do ano, ela virá de Mairinque, onde reside há 27 anos, para receber a homenagem.”


Em 1965, o jornal "Folhinha" promoveu o concurso "As Mães do Ano", para comemorar o Dia das Mães. Foram escolhidas três mães: a mais idosa, a mais jovem e a com mais filhos. A mãe mais velha foi a antiga cozinheira da princesa Isabel e personagem de nossas postagem, na época D. Balbina contava com impressionantes 113 janeiros!. Além dela, foram premiadas uma menina que foi mãe aos 14 anos, e uma mãe com 21 filhos. Na premiação, elas receberam diplomas e medalhas, além de prêmios como liquidificadores, blusas, discos e livros.

Alguns brasileiros podem não ter suas histórias e talentos contados nos livros, mas em nosso blog nós contamos para você!